segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

Cowboy Fora da Lei - Raul Seixas.




"Mamãe, não quero ser prefeito
Pode ser que eu seja eleito
E alguém pode querer me assassinar
Eu não preciso ler jornais
Mentir sozinho eu sou capaz

Não quero ir de encontro ao azar
Papai não quero provar nada
Eu já servi à Pátria amada
E todo mundo cobra minha luz
Oh, coitado, foi tão cedo
Deus me livre, eu tenho medo
Morrer dependurado numa cruz

Eu não sou besta pra tirar onda de herói
Sou vacinado, eu sou cowboy
Cowboy fora da lei
Durango Kid só existe no gibi
E quem quiser que fique aqui

Entrar pra história é com vocês."
Nota: Raul Santos Seixas (Salvador, 28 de junho de 1945 — São Paulo, 21 de agosto de 1989) foi um cantor e compositor brasileiro, considerado o pioneiro do rock no Brasil.
Filho do engenheiro Raul Varella Seixas e da dona de casa Maria Eugênia Seixas, Raul nasceu e cresceu na cidade de Salvador. Uma cidade um tanto estagnada, alheia aos progressos de uma modernidade que passava ao largo da capital baiana. Tinha um irmão, quatro anos mais novo, Plínio Seixas.
Em casa obtém uma cultura impressionante que o faz adiantar-se àquilo que era ensinado nas escolas, mergulhando nos livros que tinha à disposição, na biblioteca do pai. Até o final de sua vida, sempre foi avançado para sua época, o que é comprovado pelas músicas por ele compostas e que até hoje são executadas.

3 comentários:

  1. Gosto tanto de Raul, e essa música em especial me aquece o coração. haha

    ResponderExcluir
  2. Minha preferida de Raul! AHAHAHA me identifico mesmo ! rééé!

    ResponderExcluir